Kodomo Shokudo: ação social e voluntária que salva as crianças

Notícia originalmente postada no Portal Mie

Apesar do Japão ser uma nação desenvolvida há crianças de famílias em estado de pobreza. A existência do Kodomo Shokudo ajuda e muito!

KODOMO.jpg

Local onde as crianças podem ir sozinhas para receber refeição e socializar (divulgação)

Para compreender o que é Kodomo Shokudo (こども食堂), o conceito é proporcionar local para servir refeição a zero iene ou de baixíssimo custo, onde qualquer criança possa ir sozinha.

Não existe uma definição rígida. Há refeitórios onde mãe e filhos podem ir, crianças cujos pais trabalham até tarde, enfim, depende dos voluntários locais. Há outros onde voluntários auxiliam nas tarefas e há também os que oferecem lazer e brincadeiras antes e depois das refeições. O estilo é livre, sem amarras.

Esses refeitórios são de grande ajuda para as crianças e, desde 2012, quando começaram os primeiros, vêm aumentando a cada ano. São criados e mantidos por voluntários do bairro, em uma grande ação social recebendo contribuições para a manutenção.

GRAFICO.jpg

Gráfico mostra o aumento do Kodomo Shokudo a cada ano (divulgação)

Segundo a ONG Musubie, que abriga todos esses refeitórios do arquipélago, em 2019 o número subiu para 3.718 ou 160% a mais que o ano anterior.

Importância do refeitório na pobreza infantil
Atualmente há 19.892 escolas primárias em todo o Japão. A intenção é chegar a ter um refeitório da criança, na tradução livre, em cada bairro onde há escola. Assim, todos os pequenos poderão ter acesso a esse benefício.

kodomo-2.jpg

A refeição aquece o estômago e o coração da criança (divulgação)

Em números Tóquio, Osaka e Kanagawa são as províncias com mais refeitórios. Mas em proporção às escolas as províncias de Okinawa (61%), Shiga (53%), Tóquio (37%) e Tottori (35%) são as que mais oferecem o serviço nos bairros.

Okinawa é a província com maior índice de pobreza infantil do país, chegando a 30%. Para ter uma ideia é 1,8 vez maior do que a média das demais províncias.

Na província são 41 cidades, vilas e vilarejos, sendo que em 26 há 134 refeitórios da criança, portanto ainda há muito o que fazer em Okinawa.

Efeitos positivos do Kodomo Shokudo
As crianças têm um local para ir, melhoram o relacionamento interpessoal, observa-se melhoria no aprendizado, além do aumento do senso de autoeficácia. Também, tem ficado claras as mudanças positivas na relação pais e filhos.

Por tudo isso a ONG informou que pretende continuar firmemente no propósito pois foram constatados efeitos positivos para as crianças e suas famílias.

kodomo-1.jpg

Voluntários providenciam local, preparam comida e atendem as crianças (divulgação)

Para ler a matéria original, clique aqui.

Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s